Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Vôo cancelado

Varig não atende a convite e será convocada para audiência pública

Nenhum dos convidados a participar da audiência pública sobre o plano de reestruturação da Varig, promovida pelas comissões de Relações Exteriores e Defesa Nacional e de Desenvolvimento Econômico da Câmara, compareceu à sessão. As informações são da Radiobrás.

Foram convidados para a audiência desta quinta-feira (10/3) o vice-presidente e ministro da Defesa, José Alencar, o presidente da Varig, Luiz Martins, e representantes da Consultoria Trevisan, do escritório de advocacia Arnoldo Wald e do Unibanco.

A coordenadora do grupo parlamentar em defesa da Varig, deputada Yeda Crusius, disse que adiou a vinda de José Alencar à audiência, uma vez que todas as outras autoridades alegaram "compromissos inadiáveis". Segundo ela, a direção da companhia aérea enviou comunicado cancelando a participação de seu presidente e proibindo a participação de representantes da consultoria Trevisan, da advocacia Arnoldo Wald e do Unibanco.

A comissão de Relações Exteriores pretende convocar a direção da companhia para uma outra audiência pública. A convocação, no lugar do convite, tem o objetivo de obrigar os gestores da Varig a prestar esclarecimentos à Câmara sobre a situação financeira da companhia.

De acordo com a deputada Luciana Genro (PSOL-RS), a insistente recusa da direção da Varig em participar de audiência pública é um "desrespeito a todos". A parlamentar defendeu a intervenção imediata na empresa.

Revista Consultor Jurídico, 10 de março de 2005, 22h13

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/03/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.