Consultor Jurídico

Operação Caipora

Ibama multa pecuaristas em MT por desmatamento ilegal

Por causa de desmatamentos ilegais, pecuaristas dos municípios de Aripuanã e Rondolândia, em Mato Grosso, foram autuados e multados em R$ 3,2 milhões pelo Ibama — Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis na Operação Caipora de fiscalização.

A operação também localizou 10 serrarias. Uma delas foi lacrada após vistoria. As demais estão em processo de fiscalização e em alguns casos os proprietários ainda não foram encontrados. As informações são do site Ambiente Brasil.

Foram mapeados nove desmatamentos dos quais três foram embargados por falta de autorização do Ibama. Outros estão sendo analisados através dos mapas fornecidos pelo Centro de Sensoriamento Remoto para a definição precisa das coordenadas geográficas e o levantamento dos responsáveis. O monitoramento remoto tem se mostrado um eficiente instrumento de controle usado pela Diretoria de Proteção Ambiental para localizar desmatamentos ilegais.

A operação se estenderá por todo o estado de Rondônia e norte do Mato Grosso sob a coordenação da gerência executiva do Ibama em Ji-Paraná. Nem todo o desmatamento e extração de madeira é ilegal, mas necessitam da avaliação e do aval do Ibama.





Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 29 de junho de 2005, 18h16

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 07/07/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.