Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fora de época

Candidato é multado em R$ 106 mil por propaganda irregular em MT

O candidato a prefeito de Várzea Grande (MT), Campos Neto (PFL), foi condenado ao pagamento de multas que totalizam R$ 106.041 em julgamento de quatro processos. As multas foram aplicadas pelo juiz Jones Gattass Dias, responsável pela fiscalização da propaganda eleitoral no município.

Campos Neto foi denunciado pelo Ministério Público Eleitoral por propaganda extemporânea. Dois processos versam sobre distribuição de adesivos contendo propaganda do então pré-candidato e os outros dois referem-se à veiculação de informativos considerados jornais de campanha.

O juiz condenou também Fernando Concato e Isabela Guimarães por propaganda eleitoral extemporânea. Os dois foram apontados como pré-candidatos ao cargo de vereador. Concato e Guimarães foram condenados ao pagamento de multa no valor de R$ 21.282,00 cada.

Revista Consultor Jurídico, 12 de julho de 2004, 14h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/07/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.