Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mão na massa

Promotor quer multa para candidatos à prefeitura de São Paulo

O promotor eleitoral Saad Mazloum propôs, nesta terça (6/5), à Justiça Eleitoral multas entre R$ 20 mil e R$ 50 mil aos cinco candidatos à Prefeitura de São Paulo. Motivo: exibição de propaganda eleitoral antecipada nos horários de seus partidos políticos.

Maluf exibiu propaganda eleitoral em 21 de junho, José Serra em 7 de junho, Paulinho em 31 de maio, Marta Suplicy em 14 de junho e Luiza Erundina em 3 de maio.

As propagandas eleitorais estão autorizadas a partir desta terça-feira (6/7).

Revista Consultor Jurídico, 6 de julho de 2004, 17h07

Comentários de leitores

2 comentários

O promotor eleitoral Saad Mazloum demonstra ise...

Silvia F. Tomacchini ()

O promotor eleitoral Saad Mazloum demonstra isenção e apartidarismo ao ingressar com ação contra todos os candidatos. É necessário coibir os abusos e as infrações à lei eleitoral. Parabéns.

Concordo integralmente com a atitude do Promoto...

Jefferson ()

Concordo integralmente com a atitude do Promotor Eleitoral. Agiu corretamente. E acho que deveriam ser impostas multas mais elevadas ainda para os candidatos que mais sujarem a cidade com suas propagandas.

Comentários encerrados em 14/07/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.