Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ar limpo

Simpósio latino-americano discute emissão de carbono na atmosfera

Estão abertas as inscrições para o 2º Simpósio Latino-Americano sobre Fixação de Carbono, que será dos dias 21 a 24 de abril, no Teatro da Reitoria da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba.

O evento, organizado pela UFPR e pelo Instituto Ecoplan vai reunir especialistas, empresas, estudantes, governo e terceiro setor para trazer esclarecimentos sobre as discussões mais recentes a respeito da emissão de carbono.

O objetivo é debater metodologias sustentáveis em projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL). Visa também esclarecer aspectos da Legislação Nacional sobre o assunto e expor as decisões mais recentes sobre o Protocolo de Kyoto, discutidas durante a COP 9 (a nona Conferência das Partes, da convenção das Nações Unidas para Mudanças Climáticas, realizada em dezembro de 2003, na Itália).

O Protocolo de Kyoto determina que os maiores emissores de gases que são causadores do efeito estufa lancem menos poluição na atmosfera. Os países desenvolvidos ou empresas poluidoras que não conseguirem reduzir a emissão de poluentes, em especial do dióxido de carbono, podem compensar os danos ao ar com o financiamento de projetos de fixação ou seqüestro de carbono em países em desenvolvimento, como o Brasil, Índia e China.

Para isso, os poluidores compram créditos de carbono das nações em desenvolvimento. Este novo modelo de mercado prevê que cada tonelada de dióxido de carbono deixada de ser emitida ou retirada da atmosfera seja negociada no mercado mundial.

A proposta do simpósio é conhecer os projetos que realizam comprovadamente a fixação de carbono promovendo o desenvolvimento sustentável. "O Protocolo de Kyoto ainda está indefinido, por isso precisamos discutir propostas de reduzir os níveis de poluição atmosférica promovendo a sustentabilidade econômica e social", diz Marco Aurélio Ziliotto, um dos coordenadores do evento e presidente do Instituto Ecoplan.

Ziliotto explica que o simpósio também pretende avaliar as tendências dos Econegócios, certificação e implantação de projetos florestais por meio de MDL na América Latina. Para isso, representantes do Uruguai, El Salvador e Argentina estarão presentes no evento expondo as ações sobre mudanças climáticas e desenvolvimento sustentável de seus países.

Os interessados podem se inscrever e conferir a programação do evento no site do Ecoplan, no endereço www.ecoplan.org.br/simposio. Maiores informações pelo e-mail simposio_carbono_ufpr@ecoplan.org.br. As inscrições podem ser feitas até a data do evento ou ao término das vagas disponíveis. (Ascom Ecoplan e Ambiente Brasil)

Revista Consultor Jurídico, 12 de abril de 2004, 11h20

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/04/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.