Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nova chance

Seis municípios em cinco estados terão eleições suplementares neste domingo

Eleitores de seis municípios em cinco estado vão às urnas neste domingo (4/6) para eleger novos prefeitos. Todas as votações suplementares ocorrerão porque os candidatos mais votados nesses municípios em 2016 tiveram os registros de candidatura cassados pela Justiça Eleitoral.

Seis cidades passarão por novas eleições porque os prefeitos eleitos em 2016 foram cassados pela Justiça Eleitoral.
TSE

Em Guaraqueçaba (PR), o candidato mais votado, Riad Said Zahoui, teve o registro de candidatura indeferido porque seu mandato anterior foi cassado por compra de votos e abuso de poder político e econômico. Já em Moreira Sales, também no Paraná, o mais votado foi Hugo Berti, que teve o registro de candidatura negado em decisão final do TSE após ficar inelegível por condenação de improbidade administrativa.

Em Minas Gerais, ocorrerão novas eleições em Cristiano Otoni, onde a eleição de 2016 para prefeito foi anulada pela Justiça Eleitoral porque o candidato que recebeu a maioria dos votos válidos teve o registro de candidatura indeferido. 

Em Mato Grosso do Sul, o novo pleito ocorrerá porque a chapa mais votada teve o registro negado pela Justiça Eleitoral. O grupo concorreu por causa de um recurso, mas, em abril deste ano, o TSE manteve o indeferimento do registro de candidatura por captação ilícita de voto.

No Pará, o candidato reeleito em Tomé-Açu, Josehildo Taketa Bezerra, teve o registro indeferido por improbidade administrativa. Em Tocantins o candidato a prefeito mais votado, Paulo Roberto Ribeiro, teve os votos anulados por causa de irregularidades cometidas quando administrou o município entre 1997 e 2004. Com informações da Assessoria de Imprensa do TSE.

Revista Consultor Jurídico, 3 de junho de 2017, 11h55

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/06/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.