Consultor Jurídico

Notas Curtas

Por Leonardo Léllis

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Hierarquicamente longe

Ex-banqueiro Edemar Ferreira é inocentado em ação por sonegação previdenciária

O ex-banqueiro Edemar Cid Ferreira foi absolvido na ação penal que respondia por sonegação de contribuição previdenciária. Fábio Tofic Simantob, advogado que cuidou da defesa do empresário na pela 9ª Vara Criminal Federal de São Paulo, conta que o processo começou porque em uma de suas empresas ele dava aos empregados cartões-benefício, que poderiam ser trocados por presentes em certas lojas.

Correntes jurídicas defendem que o empregador deve recolher contribuição para a Previdência como se os cartões fossem parte da remuneração fixa. Mas a defesa alegou que esse tipo de decisão não passava pelo banqueiro, pois "ele estava muito acima na hierarquia da empresa". "Tivemos uma prova testemunhal muito forte e, além disso, não consideramos que isso seja crime”, disse Tofic à ConJur

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 29 de janeiro de 2016, 13h57

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/02/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.