Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mais pensão vitalícia

União terá de indenizar mulher que ficou paraplégica após vacinação contra gripe

A União terá de indenizar em R$ 100 mil uma mulher que ficou paraplégica após tomar vacina contra a gripe influenza. A decisão foi tomada pela 1ª Turma do Superior Tribunal de Justiça nessa terça-feira (23/8). 

O caso aconteceu em 2008, durante a campanha de imunização do Ministério da Saúde. Após receber a dose, a mulher começou a sentir dificuldades motoras, o que culminou com a impossibilidade de locomoção e o diagnóstico da síndrome de Guillain-Barré. Pelos danos sofridos, ela pediu a condenação da União por danos morais e materiais no valor total de R$ 680 mil, além de pensão vitalícia.

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região estabeleceu indenização de R$ 50 mil por danos morais e materiais, mas negou o pedido de pensão vitalícia. No STJ, o relator, ministro Napoleão Nunes Maia Filho, votou para que a compensação fosse fixada em R$ 100 mil e para que a pensão vitalícia fosse concedida, assim como a indenização por danos materiais. O voto do relator foi acompanhado pela maioria dos ministros do colegiado. Com informações da Assessoria de Imprensa do STJ.

Revista Consultor Jurídico, 24 de agosto de 2016, 18h59

Comentários de leitores

2 comentários

Brasil - " dois pesos, duas medidas "

serok (Prestador de Serviço)

Poderei apenas dizer " LAMENTÁVEL ", a atitude tomada, pois basta não pertencermos a " ELITE " estaremos eternamente condenado.
Apenas para recordar, leiam os links abaixo na integra e reflitam sobre os fatos.

link I:
https://esportes.terra.com.br/ginastica/acidente-de-lais-faz-1-ano-relembre-e-veja-situacao-atual,ab38fd73abc2b410VgnVCM10000098cceb0aRCRD.html
link II: http://zh.clicrbs.com.br/rs/esportes/olimpiada/noticia/2016/07/lais-souza-conduz-tocha-olimpica-de-pe-e-emociona-publico-em-sao-paulo-6847659.html

PS. ATENTEM PARA : COM QUE CONDIÇÕES FORAM CONSEGUIDOS OS BENEFÍCIOS, COM OS INTERVALOS DAS DATAS, VALÔRES RECEBIDOS, VALIDADES DOS MESMOS, APÔIO DAS ESTRUTURAS MÉDICAS E EQUIPAMENTOS; E SABE-SE LÁ MAIS O QUE.
Atenciosamente, obrigado.

Vergonha!

Ian Manau (Outros)

Indenização de valor miserável. Por curiosidade, os magistrados são cadeirantes? Sê-lo-ão quando chegar a velhice, podem esperar!

Comentários encerrados em 01/09/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.