Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Bloqueio de acesso

CNJ recomenda usuários do PJe a não instalarem nova versão do Java

Os usuários do Processo Judicial Eletrônico não devem instalar a nova versão do Java (versão 8.91) em seus computadores. De acordo com o Conselho Nacional de Justiça, a nova versão pode causar bloqueio de acesso ao PJe.

O problema foi identificado pelo Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação do CNJ nessa segunda-feira (25/4). De acordo com o órgão, a atualização impede o carregamento do applet de assinatura e o login no navegador Firefox, impedindo assim o acesso à tramitação processual desejada.

Ao todo, a Justiça brasileira tem 7,4 milhões de ações judiciais tramitando por meio do Processo Judicial Eletrônico. Atualmente, o sistema é utilizado por 44 tribunais e em 2.561 órgãos julgadores — entre varas, turmas, câmaras e outras unidades judiciárias. Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

Revista Consultor Jurídico, 26 de abril de 2016, 16h00

Comentários de leitores

13 comentários

Agradecimento

ANGÉLICA VSV (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Augusto Maia, obrigada pelo arquivo.

péssima escolha

AUGUSTO LIMA ADV (Advogado Autônomo - Tributária)

Dentre os vários sistemas disponíveis, o CNJ escolheu o pior.
Ao invés de atualizarem o sistema aos avanços tecnológicos, continuam atrasados.

Palhaçada

BERTOLOTTE (Advogado Assalariado - Civil)

Fazer o que ????
Cada novo sistema que é implantado no judiciário os únicos que não são 'ouvidos' são os verdadeiros operadores do direito, ou seja, nós advogados !!!!
Fazer o que ?????

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 04/05/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.