Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mais um mandato

Indicação de Janot por Dilma para continuar na PGR é publicada no Diário Oficial

A presidente Dilma Rousseff encaminhou oficialmente ao Senado nesta terça-feira (11/8) a indicação de Rodrigo Janot para ser reconduzido para mais um mandato de dois anos ao cargo de Procurador-Geral da República. A mensagem 306/2015 foi publicada no Diário Oficial da União de hoje.

Após a leitura do texto da mensagem no Plenário, Janot passará por sabatina na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Ele precisa de no mínimo 41 votos favoráveis no Plenário após a sabatina para ser reconduzido.

Janot foi o mais votado entre os candidatos da Associação Nacional dos Procuradores da República para o cargo de PGR. Janot recebeu 799 votos. Os outros dois mais votados foram os subprocuradores-gerais Mario Bonsaglia, com 462 votos, e Raquel Dodge, com 402.

Ele ingressou no MPF em 1984, atuou como secretário-geral do MPU e foi presidente da ANPR no biênio 1995/1997. Janot graduou-se em Direito pela UFMG e especializou-se na área de Meio Ambiente e Consumidor na Scuola Superiore di Studi Universitari, em Pisa, na Itália.

Em um dos debates antes da eleição, Janot havia declarou que queria “mais um e único mandato” na chefia do Ministério Público da União para encaminhar “ótimos processos em curso” iniciados em 2013 e depois encerrar sua carreira.

Revista Consultor Jurídico, 11 de agosto de 2015, 13h38

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/08/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.