Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

"Lava jato"

Nabor Bulhões assume coordenação da defesa de Marcelo Odebrecht

O advogado Nabor Bulhões assumiu a defesa do presidente do grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht, na operação “lava jato”. Ele substitui Dora Cavalcanti, que continuará na coordenação estratégica e na defesa de outros dirigentes da empresa.

Bulhões é dos criminalistas mais respeitados do país e atuou em diversas causas rumorosas em Brasília. Defendeu, por exemplo, o ex-presidente Fernando Collor na ação penal que tramitou no Supremo Tribunal Federal -  e da qual o ex-presidente saiu absolvido por falta de provas.

O advogado já fazia parte da equipe de defesa dos executivos da Odebrecht, mas não ocupava posição de coordenação. Agora, ficará na linha de frente.

Sua ida para a chefia da equipe faz parte de uma ampliação do time de advogados que atua na defesa da empreiteira. Dora Cavalcanti continua na equipe, mas na coordenação estratégica.

Leia nota da Odebrecht sobre a mudança na defesa:

“Com o recebimento da denúncia, marco zero da acusação criminal contra executivos e ex-executivos da empresa, a ampliação da equipe de defesa é uma decisão natural, distribuindo os escritórios já envolvidos na causa para clientes específicos.

O objetivo é preservar a individualidade de cada acusado durante o processo, respeitando as particularidades de cada pessoa. Esta dinâmica poderá, inclusive, vir a exigir a adesão de novos e diferenciados profissionais, sem qualquer impacto na equipe existente.

Sendo assim, segue na coordenação da defesa do grupo Odebrecht, a advogada Dora Cavalcanti, e seus sócios Augusto de Arruda Botelho e Rafael Tucherman. Os escritórios de Nabor Bulhões, Técio Lins e Silva, Flávia Rahal, Rodrigo Sánchez Rios e Alexandre Wunderlich, que já trabalham em conjunto há algum tempo, continuam a integrar o time”.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 8 de agosto de 2015, 13h26

Comentários de leitores

1 comentário

Casca grossa

Professor Edson (Professor)

Nome forte, grande defensor, mas não acredito que terá muito exito, a não ser a contribuição (delação).

Comentários encerrados em 16/08/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.