Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fundador do PT

Morre aos 83 anos o ex-deputado federal Plínio de Arruda Sampaio

Morreu nesta terça-feira (8/7), aos 83 anos, o ex-deputado federal e advogado Plínio de Arruda Sampaio. Ele estava internado há cerca de um mês no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para tratar um câncer ósseo.

Natural de São Paulo, Plínio concorreu à presidência, na eleição de 2010, pelo PSOL. Terminou em quarto lugar, com 886 mil votos. Formado em Direito pela USP, foi promotor público e eleito deputado federal em 1962, pelo extinto PDC.

Reeleito duas vezes, teve o mandato cassado pelo Ato Institucional 1, exilou-se no Chile e nos Estados Unidos e voltou ao Brasil em 1976, no início do processo de reabertura política.

Um dos fundadores do PT, Plínio participou da campanha das Diretas Já. Foi eleito deputado federal constituinte em 1986, quando defendeu uma reforma agrária. Na Assembleia Nacional Constituinte, foi vice-líder do PT em 1987 e, em 1988, substituiu o então líder Luiz Inácio Lula da Silva no comando da bancada. Após 20 anos, Plínio deixou o partido em 2005, filiando-se ao PSOL. Com informações da Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 8 de julho de 2014, 19h02

Comentários de leitores

2 comentários

Adeus PT

Luiz Gustavo Marques (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Sem contar que o ex-Deputado Plínio demonstrou imensa coerência ética ao abandonar o PT quando deflagrou o escândalo do mensalão

Um exemplo de homem público

Luiz Antonio Guimarães Marrey (Procurador de Justiça de 2ª. Instância)

Plínio foi um exemplo de seriedade e coerência na vida pública. Uma pessoa extraordinária, que pagou com o exílio a sua coragem e o seu compromisso com a massa de pessoas excluídas. É claro que nesses breves comentários não há espaço suficiente para a biografia do Plínio. Quero lembrar no entanto o seu papel de deputado constituinte e relator do texto do Ministério Público na Constituição. Deve-se muito a ele o novo perfil constitucional do Ministério Público. Uma grande pessoa, uma enorme perda política, ética e pessoal!

Comentários encerrados em 16/07/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.