Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Acordo fechado

Defensoria vai tentar resolver conflitos de família

A Defensoria Pública em São José do Rio Preto (SP) prepara para este mês um ciclo de mediações envolvendo casos de pedidos de pensões alimentícias e de investigações de paternidade. O objetivo é fazer com que as partes envolvidas nos casos resolvam o conflito de forma mais rápida, por meio de acordos.

A defensora pública Bruna Hernandes da Costa conta que todos os casos selecionados possuem audiências judiciais designadas para o primeiro semestre de 2012. As mediações envolvem mais de 60 casos e ocorrerão nos dias 4, 6, 11 e 13, na sede da Defensoria.

Os casos em que houver acordos serão solucionados na primeira quinzena de janeiro, apresentando-se um pedido de homologação judicial posteriormente. Além dos defensores que atuam na cidade, psicólogos e assistentes sociais que compõem o Centro de Atendimento Multidisciplinar da Defensoria Pública irão participar das mediações. Com informações da Assessoria de Imprensa da Defensoria Pública de São Paulo.

Revista Consultor Jurídico, 3 de janeiro de 2012, 15h49

Comentários de leitores

2 comentários

Mais atenção

Resec (Advogado Autônomo)

Os conflitos de família merecem mais atenção. Não podem continuar a serem tratados como mais um caso a ser julgado. As decisões deveriam ser proferidas por um conselho multidisciplinar, pois, por evidência, envolvem mais questões emocionais do que jurídicas. Deveria haver um código próprio.

escritórios de advocacia também deveriam pode divulgar este

analucia (Bacharel - Família)

escritórios de advocacia também deveriam pode divulgar este de serviço na rádio e tv. Além disso, também deveria a OAB permitir que assistentes sociais e psicólogos trabalhassem nos escritórios de advocacia.

Comentários encerrados em 11/01/2012.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.