Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Defesa econômica

Dilma indica Fernando Furlan para presidir o Cade

Fernando de Magalhães Furlan - cade.gov.br

O conselheiro Fernando de Magalhães Furlan, presidente interino do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, foi indicado pela presidente Dilma Rousseff para assumir a presidência do órgão. O Diário Oficial da União traz também a indicação de Alessandro Octaviani Luís para conselheiro do Cade. Os dois ainda devem passar por sabatina no Senado e na Comissão de Assuntos Econômicos antes de assumir o cargo.

As indicações vêm em bom momento já que o órgão estava impedido de julgar por falta de quórum: menos de cinco conselheiros. Ainda restam duas vagas em aberto para completar o quadro do Conselho. 

O catarinense Fernando Furlan é formado em Direito pela Universidade de Brasília e em Administração pela Universidade Estadual de Santa Catarina. Furlan também tem doutorado em Ciência Política e mestrado em Relações Internacionais pela Universidade Sorbone, na França. Integrante do Cade desde 2008, pode só permanecer até 2012. Ele ocupa a presidência interinamente desde novembro de 2010, com a saída de Arthur Badin.

O advogado Alessandro Octaviani é professor da Faculdade de Direito de USP e foi indicado para ocupar a vaga do conselheiro Vinícius de Carvalho, que vai assumir como titular da Secretaria de Direito Econômico.

Revista Consultor Jurídico, 10 de março de 2011, 14h02

Comentários de leitores

1 comentário

O frango da Sadia cuidando do galinheiro!

jorgealfredo (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Que coincidência! O sobrinho do dono da Sadia é indicado para presidir o CADE durante os dez meses em que a fusão com a Perdigão vai ser julgada...

Comentários encerrados em 18/03/2011.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.