Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Bandeiras políticas

D'Urso e 120 conselheiros estaduais tomam posse

Por 

A cerimônia de posse de Luiz Flávio Borges D’Urso como presidente da seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil foi como um encontro de velhos amigos. Ocupar o principal cargo da entidade pela terceira vez deu a D’Urso o status de grande líder da advocacia paulista. Pelo menos, este era o clima que dominava o evento, em que também tomaram posse os 120 integrantes do Conselho Seccional e a diretoria da OAB-SP e da Caasp (Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo) para o triênio 2010/2012.

Posse D'Urso OAB/SP 25/03/2010 - Divulgação

Com representantes do Legislativo, Executivo e Judiciário, os convidados do presidente reeleito mostraram sua influência. No palco, uma grande mesa retangular acomodava 24 autoridades, entre elas, a vice-prefeita da capital paulista, Alda Marco Antônio (PMDB), e o secretário da Justiça do estado, Luiz Antonio Marrey, representando respectivamente o prefeito Gilberto Kassab (DEM) e o governador José Serra (PSDB). Também estavam presentes desembargador Décio Daidone, presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, Paulo Casseb, do Tribunal de Justiça Militar de São Paulo, o ministro Luiz Fux do Superior Tribunal de Justiça, juiz Marco Vargas, do TRE São Paulo, Roberto Braguin, vice-presidente do Tribunal de Contas de São Paulo, Marcos Nusdeo, procurador-geral de São Paulo, além do deputado Barros Munhoz, presidente da Assembléia Legislativa, e os deputado federais Arnaldo Faria de Sá, Alessandro Mortiz, José Mentor.

A quantidade de conselheiros que tomaram posse chama a atenção. Da última gestão para cá, o número de conselheiros na seccional aumentou de 90 (60 titulares e 30 suplentes) para 120 (80 titulares e 40 suplentes). No geral, desde a posse oficial que aconteceu no dia 1º de janeiro, a OAB paulista empossou 1.110 membros das 222 diretorias. Esse número não inclui a seccional.

Posse D'Urso OAB/SP 25/03/2010 - Divulgação

Em seu discurso, D’Urso expôs seu lado político. Primeiramente, ironizou os oponentes derrotados na eleição: “O único opus foi o temor de alguns em amargar três derrotas consecutivas”. Depois, amenizou sua fala e convidou os adversários a participar de sua gestão. “A campanha terminou e na nossa eleição só há vencedores. Por isso, faço um convite público aos adversários para participarem de nossas administração”, disse.

Em seguida, o presidente destacou duas campanhas que irá defender em seu mandato. Uma delas é contra políticos corruptos. A proposta é que essas pessoas sejam banidas da vida pública brasileira. “Esses corruptos sempre dão um tempo e depois voltam a se candidatar. Proponho que, uma vez cassados, eles não possam voltar nunca. Ou isso, ou uma pena de 30 anos de prisão, pois só assim eles não terão como retornar”, esbravejou.

A outra trata do projeto que integra o II Pacto Republicano, especialmente o PL 5.080/09, e a proposta de criação da figura da execução prévia, pela qual a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional poderia executar os contribuintes sem direito de defesa na Justiça. “Se os procuradores da Fazenda Nacional insistirem no projeto para poderem quebrar o sigilo bancário e penhorar a conta do contribuinte, nós vamos cassar a inscrição dessa gente. Se quiser ser juiz, vá prestar concurso”, provocou. Também defendeu a autonomia financeira do TJ-SP. “As custas processuais devem ficar na Justiça. Com esse dinheiro teremos condições de instalar as mais de 200 varas criadas.”

O passo a passo da cerimônia
Cerca de quatro mil pessoas lotaram o Palácio de Convenções do Anhembi. Antes mesmo da posse, a popularidade do presidente pode ser comparada a do prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, que fez uma breve aparição no evento — ele  precisou ir embora devido a outro compromisso. Enquanto, D’Urso ficou cercado por cerca de quinze jornalistas e colegas, Kassab atraia apenas dois repórteres. 

No auditório, 47 crianças do Projeto de Iniciação Musical, de Salvador, apresentaram a peça Donos da Terra. Após um intervalo longo, o evento foi retomado com a cerimônia de posse, que começou às 21h10. No palco, uma mesa retangular gigantesca contava com personalidades do Judiciário, do Legislativo e do Executivo. Atrás dela, estavam os conselheiros que também tomaram posse. Cadeiras vazias apontavam a ausência de alguns conselheiros. Ao ouvir seu nome chamado pelo mestre de cerimônias, todos os conselheiros se levantaram para destacar-se entre os presentes.

Em seguida, Fabio Romeu Canton Filho, novo presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo, fez seu discurso de posse, em que agradeceu a família e prometeu dar continuidade aos serviços da Caasp. “Vamos manter todos os auxílios e movimentar esse exército de 800 funcionários”, afirmou.

Depois, o secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania do estado, Luiz Antonio Marrey, discursou em nome do governador José Serra. Defendeu a luta da OAB pelo controle da qualidade dos cursos de Direito, contra censura à imprensa, pelo livre exercício da advocacia. Marrey foi diversas vezes interrompido por aplausos.

Empossada conselheira federal, Márcia Melaré, presidente em exercício do Conselho Federal, em sua fala, elogiou a as administrações anteriores de D’Urso, do qual foi vice-presidente. “São poucos e raros os casos de quem alcança a terceira gestão”, mencionou. Ela também reforçou a reorganização da administração. “De uma situação precária, com dívidas, a OAB de São Paulo chegou à estabilidade com um patrimônio de 60 milhões”, disse. A conselheira ainda afirmou que a gestão de D’Urso deixa “a marca de ousadia e mudança na história da Ordem”.

Clique aqui e confira a lista com todos os presidentes das subseções da OAB-SP

Conselheiros Seccionais
Ailton José Gimenez
Américo de Carvalho Filho                    
Amilcar Aquino Navarro                       
Anna Carla Agazzi                               
Antonio Carlos Delgado Lopes               
Antonio Carlos Rodrigues do Amaral       
Antonio Fernandes Ruiz Filho                 
Antonio Jorge Marques                         
Armando Luiz Rovai                             
Carlos Alberto Expedito de Britto Neto    
Carlos Alberto Maluf Sanseverino           
Carlos Barbará                                    
Carlos Fernando de Faria Kauffmann      
Carlos José Santos da Silva                   
Carlos Pinheiro                                    
Carlos Roberto Fornes Mateucci             
Cid Antonio Velludo Salvador                 
Cid Vieira de Souza Filho                      
Cláudio Bini                                        
Cláudio Perón Ferraz                            
Daniel Blikstein                                   
Darmy Mendonça                                
Edson Cosac Bortolai                           
Edson Roberto Reis                              
Eduardo Cesar Leite                            
Eli Alves da Silva                                 
Estevão Mallet                                    
Euro Bento Maciel                               
Fábio Marcos Bernardes Trombetti         
Fabíola Marques                                  
Ferdinando Cosmo Credídio                   
Fernando José da Costa                       
Flávio José de Souza Brando                 
Gabriel Marciliano Junior                       
Gilda Figueiredo Ferraz de Andrade        
Gisele Fleury Charmillot Germano de Lemos
Gustavo Fleichman                              
Helena Maria Diniz                               
Horácio Bernardes Neto                       
Jairo Haber                                        
Jamil Gonçalves do Nascimento             
Jarbas Andrade Machioni                      
João Baptista de Oliveira                      
João Carlos Rizolli                                
João Emilio Zola Junior                         
Jorge Eluf Neto                                  
José Eduardo Tavolieri de Oliveira          
Jose Leme de Macedo                          
José Vasconcelos                                
Laerte Soares                                     
Luis Ricardo Marcondes Martins             
Luiz Carlos Pêgas                                
Luiz Donato Silveira                             
Luiz Eduardo de Moura                         
Manoel Roberto Hermida Ogando          
Marcelo Ferrari Tacca                          
Márcio Aparecido Pereira                      
Marco Aurélio Vicente Vieira                 
Martim de Almeida Sampaio                 
Maurício Fernando Rollemberg de Faro Melo
Maurício Silva Leite                             
Moira Virgínia Huggard-Caine                
Nelson Alexandre da Silva Filho             
Odinei Rogério Bianchin                        
Ricardo Lopes de Oliveira                     
Ricardo Luiz de Toledo Santos Filho        
Roberto Delmanto Junior                      
Romualdo Galvão Dias                         
Rosangela Maria Negrão                       
Rossano Rossi                                     
Rui Augusto Martins                             
Sergio Roxo da Fonseca                       
Sidnei Alzídio Pinto                              
Umberto Luiz Borges D´Urso                 
Yara Batista de Medeiros                      
Adib Kassouf Sad                                
Adriana Galvão Moura                          
Alexandre Trancho                              
Antonio Carlos Roselli                           
Antonio Elias Sequini                            
Antonio Hércules                                 
Antonio Oliveira Junior                         
Antonio Ricardo da Silva Barbosa           
Aristeu José Marciano                          
Arlei Rodrigues                                   
Cesar Augusto Mazzoni Negrão              
Edgar Francisco Nori                            
Fátima Pacheco Haidar                        
Fernando Calza de Salles Freire             
Fernando Luciano Garzão                     
Genildo Lacerda Cavalcante                  
George Augusto Niaradi                        
Jorge Luiz Carniti                                 
José Fabiano de Queiroz Wagner           
Jose Meirelles Filho                              
José Rodrigues Tucunduva Neto            
Lívio Enescu                                       
Lúcia Maria Bludeni                             
Luiz Augusto Rocha de Moraes              
Luiz Carlos Ribeiro da Silva                   
Luiz Célio Pereira de Moraes Filho          
Luiz Fernando Afonso Rodrigues            
Luiz Tadeu de Oliveira Prado                 
Marcelo Gatti Reis Lobo                        
Marcelo Sampaio Soares                      
Marco Antonio Mayer                           
Marcos Antonio David                          
Maurício Scheinman                            
Oscar Alves de Azevedo                       
Otávio Augusto Rossi Vieira                   
Paulo José Iasz de Morais                     
Roberta Cristina Rossa Rizardi               
Sidney Levorato                                  
Stasys Zeglaitis Junior                          
Vitor Hugo das Dores Freitas

Conselheiros Federais
Arnoldo Wald Filho
Guilherme Octávio Batochio
Márcia Regina Machado Melaré
Norberto Moreira da Silva
Tallulah Kobayashi de Andrade Carvalho

Alterado às 16h52 para inclusão de informações

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 26 de março de 2010, 14h34

Comentários de leitores

2 comentários

Em tempo . . .

Fernando Queiroz (Advogado Autônomo)

Vai a correção:
Está . . .
.
. . . poderemos melhorar as festas.
Abraços de urso

GRANDE FESTA!

Fernando Queiroz (Advogado Autônomo)

Esta em festa a OAB paulista. Quatro mil pessoas comemorando, a anuidade dos outros duzentos mil utilizadas para promover o "amigo urso".
.
Fantástica, nababesca!.
.
As anuidades dos advogados e estagiários utilizadas para festas.
.
Viva o amigo(urso) do rei.
.
Vai minha sugestão. Vamos majorar a anuidade, equiparemos à catarinense, assim poderemos melhorar as festa!
.
Enquanto isso . . . a plebe assim como a advocacia daqueles que não são amigos do "rei urso" continua uma m . . . .

Comentários encerrados em 03/04/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.