Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Quarto poder

Emerj promove evento sobre liberdade de imprensa

A Escola da Magistratura do Rio de Janeiro (Emerj) promove, na segunda-feira (3/5), o evento Liberdade de Expressão. Para falar sobre sobre o quarto poder, as dificuldades e os contratempos encontrados pela imprensa no mundo todo ao tratar de temas delicados, foram convidados: jornalistas brasileiros e estrangeiros e o desembargador Manoel Alberto Rebêlo dos Santos, diretor-geral da Emerj.

A intenção do seminário é debater temas que sempre causaram polêmica e esclarecer, para os futuros juízes e estudantes de Comunicação Social, quais são os direitos e os deveres dos jornalistas, assim como dos juristas.

Para o desembargador Manoel Alberto Rebêlo dos Santos, “o evento será realizado em momento que talvez não pudesse ser mais apropriado, diante dos preocupantes sinais emitidos por governos autoritários de alguns países da América do Sul, todos apontando para o cerceamento da liberdade de imprensa, a tão duras penas conquistada em nossos quadrantes, e que constitui, sem sombra de dúvida, um dos mais caros bens imateriais do patrimônio da universalidade dos cidadãos”.

Jayme Sirotsky, do Grupo RBS, do Rio Grande do Sul, abrirá o evento falando sobre “O cerceamento às liberdades de expressão – Visão histórica da evolução dos abusos pelo mundo”. Em seguida, Ricardo Gandour, do jornal O Estado de São Paulo, será o mediador da palestra com os jornalistas Guillermo Zuloaga, do Globovisión (Venezuela), Emilio Palácio, do El Universo (Equador), e Hérnan Verdaguer, do Clarín (Argentina), que debaterão sobre “O cerceamento às liberdades de expressão na América Latina”.

O norte-americano Carl Bernstein, que denunciou o escândalo Watergate com seu colega Bob Woodward, que levou à renúncia do Presidente Nixon, fechará o evento e falará sobre a “Tendência mundial de controle da comunicação”.

Organizado em colaboração entre Emerj, Associação Nacional dos Jornais (ANJ), Associação Brasileira das Empresas de Rádio e Televisão (Abert) e Associação Nacional dos Editores de Revista (Aner), o encontro contará também com uma homenagem ao ministro Carlos Ayres Britto, do Supremo Tribunal Federal, relator da ação judicial que revogou a Lei de Imprensa, instituída pela ditadura militar.

O encontro é aberto ao público, e a entrada é gratuita, sujeito à capacidade do auditório.

Serviço:
Evento Liberdade de Expressão
Data: 3/5
Horário: das 9h às 13h
Local: Auditório da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj)
Endereço: Av. Erasmo Braga 115/4º andar, centro — Rio de Janeiro — RJ

Revista Consultor Jurídico, 30 de abril de 2010, 9h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/05/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.