Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Conflito da antiguidade

Grego chamado de turco em iogurte quer indenização

Um cidadão grego está processando uma companhia sueca por uso indevido de imagem. Seu rosto foi parar nos potes de “iogurte turco” da empresa Lindahls. Ele afirmou que não havia licenciado o uso de sua foto e ficou furioso ao ser chamado de turco. Por isso, pediu na Justiça indenização equivalente a R$ 15 milhões. A informação é da revista Época Negócios.

A animosidade entre turcos e gregos é antiga, desde os impérios Turco-Otomano e Bizantino. O conflito persiste nos dias atuais, na Ilha de Chipre. A ilha é dividida entre as duas nacionalidades e presencia inúmeros ataques. Conta até com a Organização das Nações Unidas intermediando a tentativa de pacificação.

O homem, que não quis se identificar, só ficou sabendo que havia se transformado em garoto-propaganda da marca “iogurte turco” da Lindahls porque seu amigo, Athanasios Varzakanos, vive em Estocolmo. Ele o “reconheceu” durante uma ida ao supermercado.

Em entrevista à rádio sueca Sveriges, Athanasios Varzakanos afirmou que havia ficado “surpreso”. “Eu não podia acreditar no que estava vendo. Foi um choque ver meu amigo ali (no pote de iogurte), assim de repente”.

A companhia de laticínios Lindahls afirma que a imagem foi comprada de uma agência e que seguiu todos os procedimentos de direitos autorais.

Revista Consultor Jurídico, 9 de abril de 2010, 15h16

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/04/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.