Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cúpula emergente

Presidentes dos países do Bric vêm ao Brasil

Na próxima semana, o presidente Lula recebe os presidentes da Rússia, Índia, China e África do Sul. Eles participam da 2ª Cúpula dos Países Bric que ocorre em Brasília de 12 a 16 de abril. Lula começa a semana em Washington, nos Estados Unidos e depois retorna a Brasília, quando recebe os chefe de estado estrangeiros, além do primeiro-ministro indiano. A informação é da Agência Brasil.

Entre os países do Bric, a Rússia e a China integram o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas, órgão cuja cadeira permanente o Brasil almeja ocupar. Apesar de diferenças pontuais entre seus integrantes, os países têm questões convergentes. O Brasil e a Rússia são grandes produtores de matérias-primas, os brasileiros de alimentos e os russos de petróleo. A Índia é forte no setor de serviços, enquanto a China acelera seu crescimento industrial e já é o maior exportador mundial. Em Washington, o presidente participa da cúpula nuclear, que deve reunir representantes de 47 países.

As discussões ocorrem no momento em que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pressiona a comunidade internacional para que aprove sanções contra o Irã. Para os norte-americanos, o programa nuclear iraniano é uma ameaça. O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, nega as acusações. O presidente Lula, por sua vez, é favorável ao desenvolvimento do programa nuclear iraniano desde que para fins pacíficos. Segundo Lula, a comunidade internacional não pode isolar o Irã.

Revista Consultor Jurídico, 7 de abril de 2010, 2h03

Comentários de leitores

1 comentário

importancia crescente

dinarte bonetti (Bacharel - Tributária)

O Brasil atinge a maturidade em sua politica externa.
Ator indispensavel nesse novo desenho de geo politica internacional, o pais deve esse papel ao incansavel Pres. Lula e seu ministro Celso Amorim, que perderam o complexo de cachorro vira latas, e foram à luta. Não esquecendo do ex-presidente FHC, que conseguiu tirar a imagem de país não sério, que nos foi impingido pelas loucuras do governo Collor.
Uma nova posição no contexto global, e que os brasileiros podem passar a desfrutar. Andar com a cabeça erguida.

Comentários encerrados em 15/04/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.