Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nova advocacia

Advogado dá boas vindas aos novatos da internet

O advogado trabalhista Marcos Alencar, de Pernambuco, é conhecido como um case de sucesso na internet. Ele faz o blog jurídico independente de maior prestígio da rede e produziu sete recomendações básicas para os colegas que queiram escalar mais rapidamente a trilha da advocacia virtual. Um conselho é a disciplina. O segredo da Web 2.0, diz ele, é a persistência e acreditar no abstrato. “Muitos não conseguem sequer ter uma noção da sua abrangência e querem resultados imediatos e lucrativos diretos”, disparou ele de seu blackberry.

Alencar é um dos consultores do Ciclo Advocacia 2.0, uma série de eventos promovida pela revista ConJur com o propósito de apresentar o maravilhoso mundo da internet e da tecnologia e suas infinitas possibilidades aos advogados. O segundo desses seminários — Workshop: A Nova Advocacia — está agendado para o próximo dia 9 de outubro, no Centro de Convenções da Faap, em São Paulo (Clique aqui para se inscrever).

Além do seu blackberry, o advogado se diz um adepto de todas as novas invenções tecnológicas e mantém um movimentado blog na internet. A partir dessa primeira constatação — persistir é preciso —, Alencar elencou uma série de conselhos para que “quem aterrissa na ainda inexplorada internet”, que passamos a reproduzir em seguida:

1 — O que fizer, faça para você mesmo, como um compromisso seu. Se twitter, blog, Orkut, qualquer que seja a ferramenta utilizada, esqueça dos outros quando o assunto for a persistência, trate a web como seu diário de classe, use e abuse, mas por você. Isso lhe dará fôlego para atravessar a espera do anonimato. Credibilidade e platéia, os tão sonhados acessos e comentários, só chegam com tempo, um bom tempo.

2 — O seu trabalho precisa ser criticado. Escolha do seu ciclo de amizade, pessoas sinceras que estejam dispostas a lhe ajudar e a criticá-lo severamente se for preciso. Mas não acredite nas críticas cegamente. Use-as como um elemento a ser analisado, não se deixe influenciar e acredite no seu taco.

3 — Seja pioneiro, evite copiar os seus concorrentes. Na verdade, eu mesmo sequer acesso quem eu considero na disputa, não quero me influenciar e inconscientemente copiar, isso me traz a sensação de que estou andando atrás. Quem muito observa seu concorrente, fique certo que está atrás dele, não lidera a corrida.

4 — Não tenha medo de ser vidraça. Eu nunca esperei pelos outros para dar a minha opinião. Me recordo na Lei do estágio, dei o maior fora, eu disse que não ia pegar o fato dos estagiários antigos serem preteridos pelos novos. Os novos estão com maior cobertura legal e o mercado aceitou isso sem significativo repúdio. Não faça das suas opiniões um Frankestein, juntando pensamentos dos outros, pense e exprima as suas idéias sem medo, coloque-as à prova.

5 — A persistência é imprescindível. Lembro quando comecei. Tinha 64 acessos mês no meu blog. Mas eu pensava positivamente, dizia para mim mesmo, vou honrar a audiência desses poucos acesos e escrever com máximo afinco, dar o melhor de mim, vou pensar que estou num teatro com a platéia cheia, aplausos de pé.

6 — Faça aquilo que você ama, domina ou sabe. Web é pura emoção! Não acredite que a rede é um ambiente frio, de zero e um, nada disso, é muita emoção mesmo, a prova disso é o sucesso dos sites de relacionamento. Seja você mesmo e nunca recue pelas críticas, esteja preparado para digeri-las, nem o Cristo foi poupado, imagine nós simples mortais.

7 — Desmistifique. Ninguém nasce sabendo, só os gênios que são raras exceções. Até o polêmico Michael Jackson, dançarino perfeito, só chegou a fama por exaustivos e desumanos treinos. É dessa forma que se alcança o sucesso, o reconhecimento, os acessos, de forma sustentada, pois evidente que ninguém está interessado em reles 15 minutos de fama. Com estudo, disciplina, persistência, você será imbatível.

Revista Consultor Jurídico, 14 de setembro de 2009, 18h35

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/09/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.