Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Perda na advocacia

Missa de José Guilherme Villela será nesta quinta

A Missa de Sétimo Dia em memória do advogado José Guilherme Villela e de sua mulher Maria Carvalho Mendes Villela, servidora aposentado do Supremo Tribunal Federal, será celebrada nesta quinta-feira (3/9), na Igreja Nossa Senhora de Fátima (Igrejinha), na EQS 307/308, em Brasília, a partir das 18h30.

Os dois estavam desaparecidos desde sexta-feira (28/8) Na segunda-feira (31/8), os seus corpos sem vida e cominúmeras perfurações de faca foram encontrados pela Polícia do Distrito Federal dentro do apartamento da família. Junto foi encontrado também o corpo da empregada da casa Francisca. A polícia foi chamada ao apartamento por parentes que ficaram preocupados com a falta de contato. O advogado residia em apartamento do bloco C da SQS 113, em Brasília.

José Guilherme Villela foi ministro do Tribunal Superior Eleitoral de 1980 a 1986. Com mais de 45 anos de exercício da advocacia, defendeu Fernando Collor de Mello durante o processo de impeachment no Congresso. Antes, atuou também na defesa do ex-presidente da República Juscelino Kubitschek, do presidente do Senado José Sarney, do deputado Paulo Maluf e do ex-ministro da Fazenda Delfim Netto.

Nascido em Manhuaçu (Minas Gerais) em 12 de agosto de 1936, formou-se em Direito pela Faculdade de Direito da antiga Universidade de Minas Gerais. Deixa dois filhos: Adriana e Augusto, que também é advogado.

Revista Consultor Jurídico, 3 de setembro de 2009, 0h05

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/09/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.