Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Correção anual

Nova tabela do Imposto de Renda entra em vigor

A tabela de cálculos do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) será corrigida em 4,5% à zero hora de 1º de janeiro de 2010. Será o quarto ano seguido com correção de 4,5%, sempre no primeiro dia do ano, fruto de acordo celebrado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva com as centrais sindicais, em 2006, com vigência de quatro anos, a partir de 1º de janeiro de 2007. Portanto, outro mecanismo vai ter que ser negociado para garantir correção de 2011 em diante.

De acordo com o Banco Central, a inflação oficial do país, de janeiro a dezembro deste ano, foi de 4,3%, medida pelo índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O novo teto para isenção do IR é de R$ 1.499,15. O anterior era de R$ 1.434,59. Salários entre R$ 1.499,16 e R$ 2.246,75 terão alíquota de 7,5%, com dedução de R$ 112,43. Para ganhos mensais de R$ 2.246,76 a R$ 2.995,70 a alíquota sobe para 15%, com dedução de R$ 280,94.

Quem recebe entre R$ 2.995,71 e R$ 3.743,19 vai cair na alíquota de 22,5%, com dedução de R$ 505,62. Acima de R$ 3.743,19, a alíquota será de 27,5%, com dedução de R$ 692,78. Com informações de Agência Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 31 de dezembro de 2009, 11h54

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/01/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.