Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mercado Jurídico

Hogan Lovells nasce em maio com 2 mil advogados

Por 

Coluna Lilian virada - Spacca

No dia 1º de maio de 2010 nasce oficialmente o escritório global Hogan Lovells, com uma receita de US$ 1,8 bilhão, 2.500 advogados e mais de 40 escritórios espalhados pelos Estados Unidos, Europa, Ásia, Oriente Médio e América Latina. O gigante, fruto da fusão entre o americano Hogan & Hartson e do inglês Lovells Managing Partner, pretende atrair a atenção de grupos multinacionais para assessoria em transações transfronteiriças e questões comerciais que envolvam lei antitruste, propriedade intelectual, meio ambiente e infraestrutura. A banca será co-liderada por Warren Gorrell, atual presidente do Hogan & Hartson, e por David Harris, presidente do Lovells.


IPO e aquisição
A construtora e incorporadora mineira Direcional Engenharia contratou o escritório Machado, Meyer, Sendeacz e Opice para ajudá-la na sua abertura. Na operação foram colocadas no mercado 26 milhões de ações ordinárias emitidas pela empresa, ao preço de R$ 10,5 cada. Ao todo, a mineira conseguiu arrecadar R$ 274 milhões. O escritório atuou na área de mercado do capitais, financeira e de contratos, por meio dos advogados Daniel Facó e Ana Luiza Franco.

O TozziniFreire Advogados assessorou o Phaunos Timber Fund Limited na aquisição de 44% da área da Fazenda Turmalina, da Suzano Papel e Celulose. A outra parte da propriedade foi comprada pela Fazenda Turmalina Holdings, empresa controlada pelo RMK Fund. O negócio girou R$ 311 milhões. A fazenda fica em Minas Gerais, tem 50 mil hectares e abriga 13 mil hectares de florestas de eucaliptos, que produzirão carvão vegetal para a indústria siderúrgica.


Balanço 2009
O ano de crise serviu para expansão do escritório de advocacia Doria, Jacobina, Rosado e Gondinho, principalmente nas áreas trabalhista, ambiental e de petróleo. De acordo com o sócio Rodrigo Jacobina, os novos clientes queriam assessoria para tomada de decisões e quantificação de riscos e custos. Com a expansão da atuação, o escritório carioca abriu uma filial em Brasília.

O especialista em Direito Tributário, Souza, Schneider, Pugliese e Sztokfisz Advogados, fez os cálculos e descobriu que o faturamento cresceu 10% se comparado ao de 2008. A área que mais demandou esforços foi o contencioso, por conta das discussões com o fisco. A banca também foi para Brasília. No Cedraz & Tourinho Dantas, a área que se recuperou mais rapidamente dos impactos da crise foi a imobiliária, mas as principais demandas de 2009 foram na área societária, tributária, meio ambiente e de mineração. No próximo ano, para aproveitar as oportunidades criadas com a Copa, Olimpíadas e pré-sal, abrirá uma filial no Rio de Janeiro. Em março.


História no país
O Trench, Rossi e Watanabe completa 50 anos comemorando a sua influência em grandes movimentos econômicos no país. A anulação da marca “Cupuaçu”, registrada com exclusividade pelas multinacionais Asahi Foods e Cupuaçu International, assessoria na privatização da Cesp e da Comgás, o primeiro investimento da Google no Brasil, início das operações da Natura na Europa, criação da Starbucks no Brasil são negócios que fazem parte da história do escritório.

Criado em 1959 pelo brasileiro Carlos Emílio Stroeter e o norte-americano Paul Griffith Garland, o escritório nasceu com o nome Garland e Stroeter, e já associado à rede Baker & McKenzie. Funcionava em salas emprestadas por amigos no centro de São Paulo. Hoje, tem sede no bairro do Brooklin, em São Paulo, além de filiais no Rio de Janeiro, Brasília e Porto Alegre. A sua equipe, entre advogados e da área administrativa, é composta por 400 profissionais.


20 anos
Em 2009, o escritório Emerenciano, Baggio e Associados — Advogados registrou um aumento de 50% nos casos de recuperação judicial, atingindo uma carteira de R$ 1,5 bilhão em passivos administrados, aproveitando o momento da crise. Criou uma área aduaneira e abriu uma filial em Porto Alegre, contratando 73 novos advogados. Ao todo, conta com 273 profissionais do Direito para cuidar de 43 mil processos. Também neste ano, a banca celebrou os seus 20 anos de existência.


PELAS SOCIEDADES

► O advogado Antonio Augusto Reis, sócio do Bichara, Barata, Costa & Rocha Advogados, escreveu sobre o capítulo sobre Brasil na publicação Getting the Deal Through, em sua primeira edição sobre regulação do clima. A publicação faz parte de uma série de relatórios anuais, coma análise internacional em áreas de relevância corporativa e jurídica.

► O advogado Luiz Gonzaga de Bem, presidente da Associação dos Credores de Precatórios de Santa Catarina e ex-presidente da OAB do estado, está entre os 10 finalistas do 21º Concurso Internacional de Defesa dos Direitos Humanos, que acontece no dia 31 de janeiro no Memorial de Caen, na França. Gonzaga de Bem concorre falando do calote dos precatórios no Brasil.

Carlos Toffoli foi escolhido, na última quarta-feira (16/12), para assumir a presidência do Movimento dos Advogados em Defesa dos Credores Alimentares (Madeca), que tem por objetivo mobilizar a sociedade e o governo de São Paulo a priorizar o pagamento de precatórios alimentares. Formado pela Universidade de São Paulo, atua desde 1987 no escritório Advocacia Sandoval Filho, focado na defesa do servidor público.

Juliana Teixeira e Priscila Pacheco são as novas contratadas do escritório Cunha, Oricchio, Ricca e Lopes Advogados. As duas integrarão a equipe de Direito Empresarial, com foco em fusões, aquisições, planejamentos e reorganizações societárias e financeiras.

► O escritório Fernandes, Figueiredo Advogados fechou parceria com o Zimmermann Neto Advocacia Trabalhista e Empresarial. O primeiro atuará nas causas empresariais. O segundo dará todo o suporte necessário para os processos trabalhistas.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 23 de dezembro de 2009, 8h54

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 31/12/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.