Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Briga por melhorias

Servidores da PF em greve fazem protesto em Brasília

Por 

Os servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal fazem um protesto, nesta quinta-feira (27/9), em frente ao Ministério do Planejamento, em Brasília. Em greve há dois dias, a categoria cobra do governo a apresentação da proposta de reestruturação do plano. Segundo o Sinpec-PF (Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal), a paralisação da categoria atinge cerca de 90% dos servidores administrativos em todo o país.

A reestruturação do Plano Especial de Cargos evita os desvios de função da carreira policial para atividades administrativas, põe fim a terceirização irregular, permite novo concurso público e amplia o quadro de pessoal e reduz os custos para o governo, além de aumentar a qualidade dos serviços prestados à sociedade, de acordo com o sindicato.

No segundo dia de paralisação, servidores administrativos da Polícia Federal fizeram na quarta-feira (27/9) um protesto com apitos e cornetas, no Aeroporto Internacional de Brasília. Com o ato, os manifestantes buscaram a adesão de funcionários que trabalham no atendimento ao público.

Os servidores do chamado Plano Especial de Cargos da Polícia Federal estão em greve por tempo indeterminado e reivindicam a reestruturação da carreira e recomposição salarial imediata. Serviços como emissão de passaportes, protocolo, transportes e informática estão comprometidos. De acordo com o sindicato, o movimento ganha força em todos os estados do país e no Distrito Federal. A paralisação começou na terça-feira (26/9).

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 27 de setembro de 2007, 13h40

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/10/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.