Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tentativa de extorsão

Advogado e policiais são presos por tentativa de extorsão

Dois policiais civis e um advogado foram presos na tarde desta segunda-feira (21/8), em Ribeirão Preto, São Paulo. Eles são acusados de crime de concussão, que acontece quando um funcionário público, mediante ameaça, exige algum benefício. Integrantes do Ministério Público, da Polícia Civil e da Ordem dos Advogados do Brasil acompanharam a prisão e os depoimentos dos suspeitos, que não tiveram seus nomes divulgados. As informações são da Agência Globo.

Na semana passada, os dois agentes da Polícia Civil envolvidos nas denúncias atenderam a uma ocorrência de tráfico de drogas em uma casa no Parque São Sebastião. Segundo as investigações, eles teriam exigido R$ 3 mil do proprietário da casa para não levar o caso adiante. O dinheiro teria sido pago ao advogado, que foi preso em flagrante.

Segundo o delegado da seccional de Ribeirão Preto, Benedito Valencise, existem várias provas contra os suspeitos. “Está tudo provado por documentos, incluindo o dinheiro recebido pelo advogado” declarou.

O pai do advogado suspeito, Belarmino Santana, disse que seu filho foi vítima de uma armação. Já o advogado Roberto Sanches, que defende os policiais suspeitos, afirmou que a prisão foi fruto de um equívoco.“Parece uma montagem das testemunhas e vamos provar no inquérito que os policiais trabalharam dentro da lei”, afirmou a defesa.

O advogado foi levado para o Centro de Detenção Provisória de Ribeirão Preto. Já os dois policiais foram encaminhados ao Presídio da Polícia Civil em São Paulo.

Revista Consultor Jurídico, 22 de agosto de 2006, 17h59

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 30/08/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.