Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Combate aos hackers

EUA assina acordo internacional de combate a crimes pela internet

Por 

O Senado dos Estados Unidos ratificou a participação do país no acordo internacional de combate a crimes pela internet. Na quinta-feira (3/8), o Conselho da Convenção Européia de Crimes Cibernéticos também ratificou a participação no tratado, que pretende harmonizar leis internacionais para potencializar técnicas de investigação e aumentar a cooperação entre as nações.

A convenção internacional foi assinada por 38 países europeus, mais os Estados Unidos, o Japão e a África do Sul. As inscrições para participar do acordo foram abertas em 2001.

"Além de equilibrar as liberdades civis e demandas de privacidade, esse tratado encoraja o compartilhamento de evidências eletrônicas relevantes entre os países, de forma a que as forças legais possam mais efetivamente investigar e combater esses crimes", declarou o senador republicano do Tenesseee, Bill Frist.

O tratado tem na mira os hackers, aqueles que espalham vírus letais aos computadores, os que fazem uso da internet para exploração sexual de crianças e os que distribuem material racista e tentam organizar ataques terroristas.

"Esse acordo traz ferramentas importantes na batalha contra o terrorismo, contra os ataques a computadores, contra os que exploram crianças pela internet. Estreita a cooperação dos EUA com outros países para obter as evidências eletrônicas dos crimes", diz o procurador-geral Alberto Gonzales.

Com informações do Washington Post.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 5 de agosto de 2006, 15h48

Comentários de leitores

1 comentário

A Convenção de Budapeste ganhará importância co...

Vladimir Aras (Procurador da República de 1ª. Instância)

A Convenção de Budapeste ganhará importância com a ratificação feita pelos EUA. Por ser um país bastante "conectado", a quantidade de cibercrimes por ali é expressiva. Resta saber quando o Brasil vai (e se vai) apresentar sua candidatura à adesão. No último encontro nacional da área criminal do MPF, foi aprovada sugestão para que o MRE tome essa iniciativa. Neste assunto, não podemos ficar offline.

Comentários encerrados em 13/08/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.