Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Barrada no caixa

Mulher de Valério é impedida de sacar R$ 2 milhões

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Nelson Jobim, determinou o bloqueio da conta corrente de Renilda Santiago, mulher do publicitário Marcos Valério.

A decisão de Jobim atendeu a pedido do procurador-geral da República, Antônio Fernando de Souza, feito depois de ser informado que Renilda tentara sacar R$ 2 milhões de sua conta. A Procuradoria-Geral da República foi informada da tentativa pelo Coaf, alertado pelo gerente do banco no momento em que ela tentava fazer o saque.

Renilda saiu banco sem conseguir retirar o dinheiro. De acordo com o procurador-geral, o bloqueio era necessário devido à possibilidade de saque vultoso e pelo fato de as contas de Marcos Valério já estarem bloqueadas pela suspeita de envolvimento com o esquema do mensalão.

Revista Consultor Jurídico, 20 de julho de 2005, 19h22

Comentários de leitores

2 comentários

Bem, vamos esperar a Renilda dar a versão dela....

Rossi Vieira (Advogado Autônomo - Criminal)

Bem, vamos esperar a Renilda dar a versão dela. É perigosíssimo o pré- julgamento. Afinal a moça tem como justificar os R2000.000,00, já que segundo o careca do marido dela, está tudo declarado no imposto de renda e... eles já responderam a essa pergunta, deputado otavio

É, vai ser duro continuar uma vida nababesca se...

Fmdsouza (Advogado Autônomo - Empresarial)

É, vai ser duro continuar uma vida nababesca sem torneira pública. Vai ser muito duro mesmo!!! Portanto, é hora de levantar tudo que for possível! O único senão disso tudo é que hoje vivemos na era digital dos bancos de dados - coisa que na era collor ainda estava engatinhando. Bom, Esse filme já vimos, tendo como protagonista o finado Paulo César Farias. Alguém lembra ? Só não espero que o MV, tenha no final, irmão igual teve o PC. Porque Guaxuma, garanto que BH não tem. Tem somente um esgoto chamado Arruda.

Comentários encerrados em 28/07/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.