Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Simples desenhos

Tatuagem não pode impedir matrícula na Academia de Polícia Militar

Tatuagem não impede que candidata se matricule na Academia de Polícia Militar do Barro Branco, em São Paulo. A decisão é do juiz da 10a Vara Cível da capital. Ele deferiu pedido de liminar e garantiu a matrícula da candidata. A informação é site Espaço Vital.

A candidata, de 26 anos, tem uma tatuagem de golfinho no tornozelo e um desenho abstrato na região cervical. Segundo o site, ela foi aprovada na Fuvest, mas foi considerada inapta pela Comissão de Saúde da Academia da Polícia Militar. De acordo com os examinadores, e existência de tatuagens definitivas é “incompatível” com o cargo de oficial da PM.

Para garantir o ingresso na instituição, a candidata precisou apelar à Justiça. A academia já foi informada da decisão, mas ainda não decidiu se vai recorrer ou não da liminar.

Revista Consultor Jurídico, 24 de fevereiro de 2005, 14h49

Comentários de leitores

2 comentários

Surrealista é a sua opinião, caro colega. Esta...

Felipe Silva da Conceição (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Surrealista é a sua opinião, caro colega. Estamos no Estado Democrático de Direito. Discriminações desta ordem não encontram espaço no terreno da democracia.

A existênmcia de tatu8agens sempre foi, costume...

Rogério Brodbeck (Advogado Autônomo - Civil)

A existênmcia de tatu8agens sempre foi, costumeira e regradamente, incompatível com o serviço militar execeto na Marinha em que ocorria o oposto. Nas forças de terra e ar incluindo as chamadas "forças auxiliares" (que de auxiliares nunca tiveram nada pois sempre estiveram na lilnha de frente...)os militares sempre foram proibidos de usar tatuagens por questões estéticas e de identificação. Por isso, não sou favorável à derrubada desse preceito. Imaginemos homens e mulheres fardados com tatuagens de dragões, cobras e lagartos aparecendo sob as mangas! Meio que surrealista, não acham??

Comentários encerrados em 04/03/2005.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.