Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ação premiada

Brasil recebe placa da ONU por trabalho com refugiados

O presidente do Comitê Nacional de Refugiados (Conare), Luiz Paulo Telles Barreto, recebeu do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados uma placa-homenagem de reconhecimento "pelos quinze anos de apoio solidário e pelos serviços prestados à causa dos refugiados no Brasil e junto ao governo brasileiro".

A homenagem foi feita no último dia 18 de junho, em São Paulo. Barreto, que trabalha há cerca de 20 anos com Direito Internacional no Ministério da Justiça -- 15 destes dedicados a trabalhos ligados a refugiados --, estendeu a homenagem aos colegas do Conare. "Esse é um reconhecimento pelo trabalho de todos", disse.

Segundo ele, o Brasil dispõe de uma das mais avançadas legislações de refugiados do mundo. Entre os pontos positivos da legislação brasileira, Barreto destacou a forma como tramitam os processos de concessão de refúgio feitos pelo Conare, que tem entre seus componentes representantes da sociedade e do governo.

"Temos uma política de sociedade que apóia os refugiados", afirmou. Atualmente, o país tem 3.120 refugiados de 52 nacionalidades diferentes.

Revista Consultor Jurídico, 27 de junho de 2004, 11h56

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/07/2004.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.