Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Sinal verde

Suspensão da carteira de taxista pode ser dificultada

Suspender o direito de dirigir de motoristas de táxis pode ficar mais difícil. O deputado Rubens Bueno (PPS-PR) apresentou à Mesa da Câmara Projeto de Lei 6400/02 que aumenta o número de pontos para suspensão da carteira de taxistas que cometem infrações. O projeto será analisado primeiro pelas comissões técnicas da Câmara antes de ser votado em Plenário.

De acordo com a proposta, os taxistas somente terão a carteira suspensa se atingirem 40 pontos. Pela lei em vigor, a cada 20 pontos na carteira o motorista há impedimento de dirigir pelo prazo de um mês até um ano. Em caso de reincidência no período de 12 meses, a suspensão sobe de seis meses a dois anos.

Segundo o deputado, os taxistas rodam em média 100 mil quilômetros por ano. Por isso, ficam mais sujeitos a cometer infrações no trânsito.

Além disso, para os taxistas a cassação da carteira é sinônimo de desemprego.

Revista Consultor Jurídico, 28 de março de 2002.

Revista Consultor Jurídico, 28 de março de 2002, 16h56

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/04/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.