Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Relações trabalhistas

Advogado faz palestra sobre direitos trabalhistas do patrão

"O patrão também tem direitos trabalhistas". Este é o tema principal da palestra ministrada pelo consultor trabalhista, Antenor Pelegrino, na quinta-feira (7/3), em Uberaba (MG).

A palestra tem como objetivo afastar os riscos de ações na Justiça do Trabalho e ou multas que podem ser aplicadas pelos agentes do Ministério do Trabalho.

Entre os temas debatidos durante a palestra estão os Direitos do empregador rural, a Legislação aplicável no trabalho rural, medidas inadequadas e que colocam os empregadores em risco, cuidados na admissão, prevenção de acidentes do trabalho, faltas graves e justa causa.

Pelegrino é especialista em Direito do Trabalho rural e autor de mais de 10 livros sobre Direito do Trabalho.

A palestra será no Salão Nobre da ABCZ – Associação Brasileira dos Criadores de Zebú, no Parque Fernando Costa, a partir das 19h30. A inscrição pode ser feita mediante a entrega de 3 quilos de alimentos não perecíveis. O evento é voltado para empresários e produtores rurais.

Curso

Pelegrino também dará o curso de obrigações trabalhistas urbanas e rurais, na sexta-feira (8/3). O curso acontece no mesmo local da palestra das 8h às 12h e das 14h às 18h.

O curso destina-se a empresários, contadores, escriturários de fazendas, recursos humanos, administradores de empresas urbanas e rurais, comerciantes, industriais, gerentes de campo, supervisores, advogados, estudantes de direito, administração de empresas, contabilidade, economia e a todos que atuam no setor.

As inscrições podem ser feitas no Sindicato Rural de Uberaba pelo telefone (34) 3332-3777 ou pelo endereço eletrônico bit@pelegrino.com.br. Os participantes receberão certificado.

Revista Consultor Jurídico, 4 de março de 2002.

Revista Consultor Jurídico, 4 de março de 2002, 15h04

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/03/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.