Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Tratamento negado

Justiça Federal nega tratamento oftalmológico em Cuba

A juíza da 19ª Vara da Justiça Federal de São Paulo, Mônica Wilma Schroder, indeferiu o pedido de liminar para que o Ministério da Saúde financie o tratamento oftalmológico de João Ramiro do Amaral, em Havana. O tratamento custa cerca de R$ 11,5 mil. Amaral tem retinose pigmentar.

A juíza declarou que o autor da ação não apresentou documentos que comprovassem a inexistência do tratamento de retinose pigmentar no Brasil.

Revista Consultor Jurídico, 28 de maio de 2002, 12h24

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/06/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.