Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Coluna do Rio

Coluna do Rio: concedida tutela provisória de Chicão para Eugênia.

Por 

O juiz da 2ª Vara de Órfãos e Sucessões do Rio de Janeiro, Luiz Felipe Miranda de Medeiros Francisco, decidiu que o filho da cantora Cássia Eller, o Chicão, deve ficar com Maria Eugênia Vieira Martins. O juiz concedeu tutela provisória do garoto para a companheira da cantora. O pai da cantora, Altair Eller, ainda pode recorrer.

O juiz determinou que seja feito um estudo social do caso. Os autos devem ser encaminhados para apreciação da Curadoria de Órfãos.

Encalhado no Porto

Um navio de bandeira dominicana está impedido de deixar o porto do Rio. A decisão é do juiz da 2ª vara de Falências e Concordatas, Jorge Alves, que proibiu o navio Atlantic Frontier de deixar o porto. O navio está carregado com chapa de aço laminado da empresa Gerdau S/A.

A operadora do navio, Líneas Marítimas Mondiale, não pagou a operação portuária do serviço de carregamento, orçado em US$ 31 mil dólares.

Pistas preciosas

A escuta telefônica no aparelho celular de um preso de Bangu 3 levou a descoberta de abastecimento de drogas em favelas do Rio. O advogado Jair Nunes Cavalcante foi preso em Porto Ferreira (SP).

Ele era encarregado de fazer o contato entre integrantes do PCC e bandidos cariocas. O advogado levava a droga pela via Dutra.

Escuta telefônica

A juíza Sônia Gomes Pinto marcou para o dia 23 de agosto a audiência sobre as escutas telefônicas no presídio de Bangu. Como há testemunhas para serem ouvidas, os depoimentos não poderão ser tomados no presídio.

"Não posso constranger as testemunhas levando-as para ajudar a Justiça dentro do presídio". Por isso, Beira Mar será levado ao Fórum de Bangu que fica a poucos quilômetros do presídio.

 é editor da revista Consultor Jurídico no Rio de Janeiro

Revista Consultor Jurídico, 16 de agosto de 2002, 17h50

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 24/08/2002.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.