Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fim de greve

Servidores do Judiciário de MT encerram greve de 70 dias

Os servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso decidiram voltar ao trabalho, a partir de quarta-feira (28/11), depois de 70 dias de paralisação. A greve iniciada no dia 17 de setembro teve fim depois da assembléia feita pelos servidores nesta terça-feira (27/12). O desconto dos dias parados não foi negociado entre os grevistas e o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Leônidas Duarte Monteiro.

Em reunião com o governador Dante de Oliveira e representante dos servidores, esta semana, Monteiro lembrou que a portaria que determina o corte de ponto nos dias parados está em vigor. Mas depois que os servidores voltarem ao trabalho, o assunto pode ser rediscutido.

O Poder Judiciário mato-grossense tem 4.700 servidores. Na assembléia, eles decidiram aceitar a proposta do TJ-MT de antecipação de abono salarial para novembro e dezembro (R$ 110) e a partir de janeiro (R$ 220), bem como a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários a partir de março. Os servidores afirmaram que se o plano não for implantado até o dia 15 de março, a greve será retomada.

O governo do Estado se comprometeu a repassar ao Poder Judiciário recursos estimados em R$ 175 mil, necessários para garantir a antecipação do abono.

Com informações de A Gazeta e Diário de Cuiabá

Revista Consultor Jurídico, 27 de novembro de 2001, 16h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/12/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.