Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Estrangeirismo proibido

Projeto proíbe palavras estrangeiras em embalagens e publicidade

A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que proíbe o uso de palavras ou expressões estrangeiras em embalagens, meios de comunicação e publicidade.

A proposta será encaminhada para a Comissão de Educação do Senado e em seguida para a Comissão de Constituição e Justiça da Casa. Com a aprovação das duas comissões, o projeto ainda vai para a sanção do presidente Fernando Henrique Cardoso.

De acordo com o projeto, todas as palavras em língua estrangeira terão que ser substituídas, a partir da publicação da lei, por palavras equivalentes em português em 90 dias. Se não houver expressão equivalente, será admitido o aportuguesamento da palavra ou o neologismo (significado novo que uma palavra ou expressão pode assumir).

Segundo o deputado Aldo Rebelo (PC do B), autor da proposta, é preciso coibir abusos.

Fonte: Diário do Grande ABC

Revista Consultor Jurídico, 29 de março de 2001.

Revista Consultor Jurídico, 29 de março de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/04/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.