Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Bateau Mouche

STJ julga danos causados na tragédia do Bateau Mouche

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça deverá apreciar, até o final desta quarta-feira (20/6), três recursos envolvendo pedidos de reparação moral e material e de responsabilidade civil do Estado na tragédia do Bateau Mouche. Todos os recursos, de embargo e de divergência, recorrem contra a decisão da Quarta Turma, que negou responsabilidade civil da União entre os co-réus.

O último processo relacionado ao caso julgado pelo STJ foi em março de 1999, com a confirmação da pena de 4 anos de prisão dos empresários Faustino Puertas Vidal e Álvaro Pereira da Costa. A prisão havia sido decretada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

A embarcação de turismo Bateau Mouche naufragou no litoral do Rio de Janeiro no reveillon de 1988 e matou 55 pessoas. A atriz Yara Amaral, da TV Globo, foi uma das vítimas da tragédia.

Revista Consultor Jurídico, 20 de junho de 2001, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/06/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.