Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Disputa familiar

Governo vai pagar despesa jurídica de garoto que está em Taiwan

O governo vai liberar U$ 12 mil para custear as despesas jurídicas no caso do menino Iruam Ergui Wu, que está em Taiwan com seus parentes paternos. O anúncio foi feito, na tarde desta segunda-feira (23/7), durante a entrevista coletiva do ministro da Justiça, José Gregori e do ministro das Relações Exteriores, Celso Lafer.

A verba, segundo os ministros, será originada da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e do MRE. De acordo com Gregori, não existe acordo internacional entre os dois países e, nesse caso, o Brasil tenta solucionar a questão no âmbito jurídico. O dinheiro será destinado ao pagamento do advogado Hsu Wun Pin, indicado pela família do garoto em Taiwan. O escritório comercial do Brasil em Taipé será o responsável pela entrega dos recursos ao advogado.

O caso Iruan foi amplamente divulgado pela imprensa dos dois países. Após a morte do pai, com quem viajou para Taiwan, ele ficou com os parentes paternos. A posse do garoto está sendo disputada pela família brasileira, com base em documento deixado pelo pai de Iruan destinando a guarda do filho para a avó materna, Rosa Leocádia.

"O apoio que o Brasil está dando é a prova de que o governo brasileiro está preocupado em buscar uma solução rápida para este caso", assinalou José Gregori.

Revista Consultor Jurídico, 23 de julho de 2001, 17h52

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 31/07/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.