Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Reparação simbólica

Vasp paga indenização por morte de gata de estimação em vôo

A Vasp pagou indenização simbólica de R$ 4 mil pela morte de uma gata transportada de Porto Alegre para Quito, no Equador. O valor foi estipulado por acordo. A gata, que se chamava Nina, tinha nove anos e pertencia a embaixatriz do Japão no Equador, Célia Maria Toda.

O acidente ocorreu no desembarque, quando operadores deixaram cair no chão a caixa em que estava a gata.

O dinheiro da indenização foi doado a uma instituição de caridade. "É uma forma de fazer com que a dor pela perda de Nina sirva a propósitos edificantes, sublimando-se com o dever de solidariedade para os menos favorecidos, os intensos sentimentos de frustrações e desgosto" - diz a petição da embaixatriz.

Processo nº 104.364.790

Revista Consultor Jurídico, 27 de agosto de 2001, 14h57

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/09/2001.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.