Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Brigões na mira

Praticantes de artes marciais que agredirem terão pena maior

Os praticantes de lutas que se meterem em brigas poderão passar a ter mais confusão do que pediram. Um projeto de Lei que tramita na Comissão de Educação prevê penas mais duras para os crimes onde os infratores se utilizam de artes marciais.

O texto prevê alterações no Código Penal aumentando a pena em um terço, no caso de homicídio culposo (sem intenção) ou doloso (intencional) utilizando golpes de artes marciais.

O projeto, que tramita na Comissão de Educação, foi retirado da pauta de votação desta terça-feira (3/10) a pedido do relator, senador Roberto Saturnino.

O senador pretende revisar os aspectos do projeto, que deverá, segundo a assessoria do parlamentar, passar pela análise do ministro da Justiça, José Gregori.

Revista Consultor Jurídico, 3 de outubro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/10/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.