Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Empresa processa iG

Provedor enfrenta pedido de indenização no valor de R$ 5 milhões

A empresa de telecomunicações Global Voice está pedindo ao provedor de acesso gratuito iG uma indenização no valor de R$ 5 milhões, por lucros cessantes, danos morais e materiais à empresa.

O provedor teria encomendado à Global Voice um projeto para permitir o acesso gratuito de internautas da região de Ribeirão Preto (1.500 linhas telefônicas) e Barretos (150 linhas).

O negócio, segundo alega a empresa reclamante, não se concluiu por causa de mudanças internas no iG que acabou contratando outro fornecedor, conforme teria informado o executivo encarregado Fabian de La Rua.

No entanto, conforme os autores da ação, após o fracasso nas negociações ficou combinado que o provedor ficaria com as 1650 "portas" e cobriria a todo o prejuízo, o que não teria ocorrido.

Pela versão da empresa de telecomunicações, pretendia-se firmar um contrato para que o iG comprasse as linhas. Contudo, na inicial do processo, afirma-se que o portal se recusou a fechar o contrato para efetuar a compra.

A Global Voice está pedindo R$ 4,149 milhões por lucros cessantes (valores que a empresa deixou de receber por não ter sido contratada) e quase R$ 900 mil por danos morais e materiais.

O departamento jurídico do provedor, procurado pela reportagem da revista Consultor Jurídico, afirmou não ter conhecimento da ação, uma vez que não havia ainda sido notificado de sua existência.

A ação foi distribuída para a 23ª Vara Cível de São Paulo na última quinta-feira (16/11).

Processo 000.00.634.634-0

Revista Consultor Jurídico, 20 de novembro de 2000, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/11/2000.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.