Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Divórcio por interesse

Mulher que pediu divórcio ao ganhar na loteria é condenada

A Justiça dos Estados Unidos condenou uma mulher a entregar ao ex-marido todo o dinheiro que ganhou em uma aposta de loteria. Quando foi sorteada, Denise Rossi ainda era casada com Tomas, mas escondeu o prêmio.

A união durou 25 anos. Em 1997, Denise decidiu pedir o divórcio sob a alegação de que já não amava o marido. Na ocasião, Tomas teria estranhado a decisão e afirmou que mantinha um bom relacionamento com a mulher.

A surpresa do americano foi maior quando uma carta para a ex-mulher chegou até ele por engano, dois anos depois da separação. Ele descobriu que Denise havia ganhado US$ 1,3 milhão onze dias antes de pedir o divórcio e recorreu à Justiça.

Um juiz decidiu que a americana agiu de má-fé e a condenou a entregar não a metade, mas todo o prêmio ao ex-marido.

Revista Consultor Jurídico, 18 de novembro de 1999, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/11/1999.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.