Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Curso Superior de Globalização

Curso Superior de Globalização

O Itamaraty e a Advocacia-Geral da União (AGU) estão reunindo alguns dos melhores especialistas em direito internacional, brasileiros e estrangeiros, para apoiar o advogado brasileiro na busca dos atalhos da globalização econômica.

Essa proficiência é o objetivo das "Jornadas de Direito Internacional", que pretendem estabelecer um diálogo especializado entre a Administração e os setores da sociedade mais envolvidos com as relações jurídicas mundiais públicas e privadas.

As jornadas serão coordenadas pelo Instituto Rio Branco e pelo Centro de Estudos e Consultoria Internacional da AGU.

Segundo o Consultor Internacional da AGU, Antenor Madruga Filho, "existe uma deficiência em relação ao direito internacional, que prejudica, não só a União, mas também os escritórios de advocacia e empresas que atuam fora dos limites do país".

Pretende-se imprimir um ritmo intensivo e de alto conhecimento no desenvolvimento dos trabalhos. Desta forma, exige-se que os interessados já possuam alguma experiência na área, além de conhecer o idioma inglês, já que alguns professores convidados para ministrar as aulas são estrangeiros.

A estrutura do projeto compreende jornadas intensivas de 40 horas semanais, centradas, em cada versão, em um tema específico da atividade jurídica internacional. O início das jornadas está previsto para junho, mas o calendário exato ainda será definido.

Entre os temas que serão abordados pelas jornadas estão: arbitragem, compra e venda internacional, análise das operações nos paraísos fiscais, Direito Marítimo, Direito Bancário Internacional, entre outros.

Haverá uma pré-seleção dos participantes das jornadas. O endereço para inscrições e envio de curriculum será divulgado logo após a definição das datas.

Revista Consultor Jurídico, 27 de abril de 1999, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/05/1999.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.