Estúdio ConJur

Rücker Curi é o mais novo parceiro cultural da revista Consultor Jurídico

1 de fevereiro de 2024, 14h14

O Rücker Curi é o mais novo apoiador cultural da revista eletrônica Consultor Jurídico.

O escritório jurídico  é exclusivamente dedicado ao Direito Corporativo, para consultoria e contencioso estratégico. Desde 2006, tem em seu DNA a inovação, o desenvolvimento tecnológico e a valorização intelectual para um trabalho eficiente e personalizado.

A equipe de 75 advogados é de nível sênior, liderada pelos sócios e por sua sócia fundadora, Izabela Rücker Curi, com 27 anos de experiência jurídica. A dedicação dos advogados especialistas é personalizada para cada cliente e tipo de carteira em que atua. O time destaca-se pela sólida fundamentação jurídica, inovação doutrinária, dinamismo, compliance e sustentações orais de relevância e resultado.

Para manter-se assim, o Rücker Curi traz para sua estrutura o que há de mais moderno em termos de direito, interdisciplinaridade, business intelligence e controladoria no Brasil e no exterior. O Rücker Curi vem sendo referência em gestão de contratos e processos, aplicando de gestão de projetos consagrados combinados com inovadores e expertise humana.

Está entre os escritórios de advocacia mais admirados do Brasil, conforme ranking do anuário Análise Advocacia; associado ao Pacto Global (Rede Brasil); indicado para o Legal Elite Awards da New World Report (2021); prática reconhecida no prêmio Análise DNA+Fenalaw 2022; indicado para a edição de 2023 do Best Lawyers; indicado para o ranking do Análise Advocacia Rregional (2023); e também para a edição de 2023 do Chambers & Partners co¬mo General Business Law: Paraná.

Foi reconhecido com o selo Lawyer International’s – Legal 100 – 2023 e pelo M&A Today – Global Awards- 2023 na categoria Best Litigators of the Year – Brazil.

Izabela Rücker Curi (sócia-fundadora) e Alessandra Salim (sócia) foram reconhecidas no ranking Análise Advocacia Mulher 2023 e estão entre os profissionais mais admirados do Brasil, conforme ranking da revista Análise Advocacia 2023.

Tags:

Encontrou um erro? Avise nossa equipe!