Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Tecnologia financeira

Banca Baptista Luz Advogados reforça equipe de fintech

Milene Fachini Jacob passa a integrar o time do escritório Baptista Luz Advogados, como head e corresponsável pela área de Fintech, juntamente com Fabiano de Melo Ferreira.   

Com mais de 10 anos de carreira, Milene tem experiência no setor bancário, pagamentos, tecnologia e inovação. Atuou no Citibank e nos departamentos jurídicos da Stone (Arpex Capital), Stelo (fintech do Banco do Brasil, Bradesco e Cielo) e EloPar, além do Banco Modal, onde foi responsável pelo departamento jurídico da Banco Digital Modalmais. Antes de ingressar no Baptista Luz, foi coordenadora jurídica da Omni, responsável pela área jurídica dos meios de pagamento. 

A advogada tem expertise na estruturação e adequação de produtos e serviços de pagamento. Nos últimos anos, atuou nos órgãos de autorregulação do segmento, como integrante dos grupos de trabalho do Banco Central, nos projetos de estruturação do Sistema de Pagamentos Instantâneos (PIX), open banking e atualização do ambiente regulatório relacionado ao Sistema de Pagamentos Brasileiro.  

Fabiano de Melo Ferreira, recentemente promovido a sócio da área de Fintech, trabalhou por 13 anos na Bolsa de Valores de São Paulo e há 12 atua em escritórios de advocacia, sendo seis deles no Baptista Luz - sempre com assuntos relacionados à regulação do mercado financeiro e de capitais. Ferreira possui expertise em consultoria regulatória e de autorregulação, processos administrativos na CVM e no Banco Central, operações estruturadas e assessoria corporativa a fintechs

Além de Milene e Fabiano, a área já contava com a sócia Patricia Nakahara, que passa, então, a ser a responsável pelo desenvolvimento internacional dos negócios do banco, com destaque para a abertura de um novo escritório em Xangai, em 2022. 

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 27 de outubro de 2021, 10h51

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/11/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.