Consultor Jurídico

Não é Docência

Conselho proíbe membros do MP de trabalhar com coaching

Nesta quarta-feira (24/3), o Conselho Nacional do Ministério Público publicou resolução que impede membros do MP de exercer atividades de coaching e similares.

Sede do CNMP em Brasília

O documento aponta que essas atividades, "destinadas à assessoria individual ou coletiva de pessoas, inclusive na preparação de candidatos a concursos públicos, não são consideradas atividade docente".

O dispositivo foi acrescentado a outra resolução do CNMP, que veda o acúmulo do exercício de funções ministeriais com quaisquer outras, exceto as de magistério.

Na sessão ordinária que aprovou a medida, o Plenário do CNMP entendeu que a atividade de coaching não tem horários compatíveis com as funções do MP nem transparência perante órgãos da Administração superior. Com informações da assessoria de imprensa do CNMP.

Clique aqui para ler a resolução




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 25 de março de 2021, 18h11

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 02/04/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.