Consultor Jurídico

Bodas de cristal

Plenário homenageia Lewandowski pelos 15 anos no STF

Nesta quarta-feira (17/3), o Supremo Tribunal Federal prestou homenagem ao ministro Ricardo Lewandowski pelos seus 15 anos de corte, completados nesta terça-feira (16/3). O ministro Luiz Fux, presidente do tribunal, destacou a construção de um legado jurisprudencial de concretização dos direitos humanos e de promoção da justiça social.

Spacca

Fux lembrou de processos importantes, relatados por Lewandowski, relacionados à defesa dos direitos humanos, como a constitucionalidade das cotas raciais para ingresso em universidades públicas. Ainda segundo ele, Lewandowski tem sido protagonista no combate à Covid-19. ao reltara ações sobre o programa de vacinação.

"É uma honra para todos nós compartilharmos este fórum de diálogos e de princípios com pessoas da lhaneza, do preparo técnico e da sensibilidade social de vossa excelência", declarou o presidente do STF.

O ministro Alexandre de Moraes lembrou ter sido aluno de Lewandowski em 1986, na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco. Para Moraes, o ministro vem auxiliando o Supremo na construção de um Brasil "mais justo e mais solidário, com sua competência, firmeza de caráter, sabedoria e bom senso".

Segundo o ministro Nunes Marques, Lewandowski vem construindo uma jurisprudência "calcada na defesa dos direitos e das garantias fundamentais, principalmente focado na proteção e na valorização do princípio da dignidade humana".

O ministro Luís Roberto Barroso afirmou que Lewandowski professa as

Ministro Lewandowski completou 15 anos de Supremo nesta terça-feira (16/3)
Nelson Jr./STF

convicções mais profundas de justiça, de maneira "elegante e fidalga, que é um traço distintivo da sua personalidade e que, nesses tempos de aspereza, merece ser sempre ressaltado'.

Para a ministra Carmen Lúcia, o colega é "um timoneiro em tantas causas de tão significativa importância para o Direito brasileiro", graças a "temas de direitos humanos que o ministro tem dado testemunho na sua trajetória de professor e juiz".

Em seus agradecimentos, Lewandowski disse que sempre busca pautar sua vida em "uma visão de mundo que passa pela construção de uma sociedade mais justa, mais plural, mais fraterna e mais solidária". Ele considera nunca lhe ter faltado coragem para "levar avante as ações que entendi corretas, mesmo nos momentos mais difíceis, em que todos pareciam marchar em direção contrária". Com informações da assessoria de imprensa do Supremo Tribunal Federal.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 17 de março de 2021, 21h45

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/03/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.