Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Soluções mais rápidas

Câmara de Mediação e Arbitragem Especializada aposta em franquias para expansão

Buscando aumentar as resoluções de conflitos por vias extrajudiciais, a Câmara de Mediação e Arbitragem Especializada (Cames) aposta no modelo de franquia para incrementar a área de atuação no Brasil.

Fundada em 2016, a Cames é uma empresa focada em mediação e arbitragem e nasceu com o objetivo de solucionar conflitos jurídicos com mais agilidade por meio de um sistema próprio de processo eletrônico, que permite a atuação em diferentes regiões do Brasil.

Hoje a Cames tem nove unidades próprias, e a expectativa é ter outras 50 franqueadas nos próximos cinco anos. O foco é estar presente preferencialmente em cidades e regiões com, pelo menos, 500 mil habitantes. “É importante ressaltar que o número de moradores não é um impeditivo ou uma regra fixa. Analisaremos a demanda caso a caso, sempre visando o maior nível de conhecimento da sociedade sobre os benefícios da mediação e arbitragem”, afirma Danilo Miranda, sócio-fundador da CAMES.

A empresa tem uma atuação totalmente digital. Todos os processos podem ser resolvidos por meio de uma plataforma online. Por essa razão, para ser um franqueado não é necessário um ponto fixo.

A taxa de franquia começa em R$ 40 mil e varia de acordo com o tamanho da cidade. Incluindo o custo para a instalação da solução e capital de giro, o investimento inicial é, em média, R$ 97 mil. O retorno de investimento fica em torno de 12 a 24 meses, variando de acordo com a quantidade e tipo de casos resolvidos nesse período.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 20 de janeiro de 2021, 11h25

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/01/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.