Consultor Jurídico

Brasil-Israel

1º judeu no STF, Fux é homenageado pela embaixada israelense

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, recebeu homenagem da embaixada israelense nesta quarta-feira (14/10), em Brasília. A medalha Jerusalém de Ouro é uma condecoração pela contribuição para o fortalecimento da comunidade judaica brasileira e o estreitamento da relação com Israel.

Luiz Fux é prestigiado pela comunidade judaica na posse dele no Supremo em 2011
Divulgação

Fux é o primeiro judeu a assumir vaga na mais alta Corte brasileira. O ministro provém de uma família exilada da Segunda Guerra Mundial. Seu avô materno exercia função de juiz arbitral na coletividade e o pai, Mendel Wolf Fux, era imigrante romeno naturalizado brasileiro e advogado da área de contencioso cível.

Ao receber a homenagem das mãos do embaixador Yossi Shelley, o ministro lamentou que, apesar de seguir os valores e princípios do judaísmo, nunca esteve no país e lembrou os versos do hino de Israel — em hebraico e português — que costumava cantar nos tempos do colégio em que estudou no Rio de Janeiro. Com informações da assessoria da Presidência do STF.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 14 de outubro de 2020, 20h42

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/10/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.