Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Programa de inclusão

Banca Mattos Filho conquista prêmio "Sim à Igualdade Racial" 2020

O grupo de afinidade Soma, do escritório Mattos Filho, conquistou o prêmio "Sim à Igualdade Racial" 2020, do Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), na categoria comprometimento racial, do pilar empregabilidade.

O reconhecimento chega um mês após o escritório contratar 17 estudantes autodeclarados negros dos primeiros anos da faculdade de Direito. O Mattos Filho foi o único escritório de advocacia do Brasil a receber a premiação, concedida no último sábado (10/10), que reconheceu personalidades e instituições com atuação em prol da igualdade racial.

Com objetivo de atrair, reter e desenvolver talentos negros no escritório, o Soma nasceu da necessidade de promover a mudança no cenário do mercado jurídico nacional. Censo feito pela Aliança Jurídica para a Equidade Racial, em 2018, apontou que apenas 2% dos profissionais nos maiores escritórios de advocacia do país eram negros.

Desde a sua criação, em 2018, o Soma produz conteúdo para discutir temas relacionados às questões étnico-raciais. Como parte das iniciativas do grupo, criou-se o programa Soma Talentos, ação afirmativa que está na segunda edição e oferece aos jovens aulas de inglês e português jurídico, além de capacitação comportamental, mentoria com sócios do escritório, acompanhamento próximo do departamento de recursos humanos, entre outras atividades. Ao todo, nas duas edições do programa, mais de mil jovens negros se inscreveram no processo seletivo, mais de 200 candidatos participaram da dinâmica e 33 jovens foram selecionados.

Na busca por um ambiente de trabalho ainda mais inclusivo, nos dois anos e meio do grupo Soma, diversas iniciativas foram promovidas para integrar os profissionais negros e negras do escritório.

O Soma, por exemplo, fomentou debates sobre tipos do racismo e o papel dos brancos na luta antirracista, lançou quatro infográficos — Discriminação racial; Branquitude e privilégios; Mulheres negras e Marcos jurídicos — para o público externo, e promoveu passeios sobre herança africana em São Paulo e Rio de Janeiro. Além disso, o grupo cooperou com a prática 100% pro bono na frente étnico-racial, trabalhando na assessoria jurídica gratuita a pessoas físicas e organizações da sociedade civil.

Além do setor racial, o programa de diversidade e inclusão do escritório Mattos Filho tem outros quatro pilares com cinco grupos de afinidade: o pilar da equidade de gênero, cujos grupos são o "4Women", focado na jornada de desenvolvimento profissional das mulheres, e o "emfamília", que busca promover uma cultura de parentalidade; o pilar dos direitos LGBTQIAP+, que tem o grupo de afinidade #MFriendly; o pilar da inclusão das pessoas com deficiência, cujo grupo de afinidade é o eMFrente, e o pilar da liberdade religiosa cujo grupo de afinidade é o LiRe.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 14 de outubro de 2020, 14h58

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/10/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.