Consultor Jurídico

Notícias

Democracia em vertigem

OAB divulga nota em defesa da jornalista Vera Magalhães, alvo de bolsonaristas

O Observatório de Liberdade de Imprensa da OAB divulgou nesta sexta-feira (28/2) uma nota em apoio a jornalista Vera Magalhães. Colunista do jornal O Estado de S.Paulo e âncora do programa Roda Viva, da TV Cultura, Vera tem sido alvo de uma série de ataques e calúnias de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro.

Observatório da Liberdade de Imprensa da OAB divulga nota apoiando Vera Magalhães
Reprodução/Twitter

Vera Magalhães foi a jornalista responsável por revelar que o presidente Jair Bolsonaro estava divulgando, a partir de seu telefone celular, vídeos de convocação para manifestações contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal.

O ato do presidente foi repudiado por boa parte dos líderes do Congresso Nacional e foi duramente criticado pelo ministro do STF Celso de Mello. O decano do Supremo Tribunal Federal afirmou que o presidente pode ter incorrido em crime de responsabilidade:

“Essa gravíssima conclamação, se realmente confirmada, revela a face sombria de um presidente da República que desconhece o valor da ordem constitucional, que ignora o sentido fundamental da separação de poderes, que demonstra uma visão indigna de quem não está à altura do altíssimo cargo que exerce e cujo ato, de inequívoca hostilidade aos demais Poderes da República, traduz gesto de ominoso desapreço e de inaceitável degradação do princípio democrático!!! O presidente da República, qualquer que ele seja, embora possa muito, não pode tudo, pois lhe é vedado, sob pena de incidir em crime de responsabilidade, transgredir a supremacia político-jurídica da Constituição e das leis da República!

Entre os abusos cometidos contra Vera estão a criação de uma conta falsa em nome da profissional no WhatsApp e a divulgação massiva de uma série de mensagens fraudadas nas redes sociais. Chegou-se a compartilhar o nome do colégio onde estudam os filhos da jornalista.

A profissional recebeu apoio de entidades como Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj). Agora a manifestação de apoio veio da OAB. Leia abaixo a nota na íntegra:

A Ordem dos Advogados do Brasil, por meio do seu Observatório de Liberdade de Imprensa, vem prestar irrestrita solidariedade à jornalista Vera Magalhães, vítima de ofensas por parte do presidente da República e de ataques nas redes sociais, inclusive com exposição de dados pessoais e de familiares. As tentativas recorrentes de intimidação de jornalistas constituem-se na verdade em ameaça à própria democracia, que tem na liberdade de imprensa um de seus pilares. 

Observatório de Liberdade de Imprensa
Ordem dos Advogados do Brasil

Revista Consultor Jurídico, 28 de fevereiro de 2020, 21h25

Comentários de leitores

8 comentários

Amnésia

saudadesbr (Professor Universitário - Empresarial)

"Sempre " preocupado com a moral, os bons costumes. Só esqueceu uma nota quando um ator falou monte de asneiras contra mulheres para atingir a nova secretária, estranha a amnésia para este caso.

Responder

A Veneranda OAB virou um puxadinho da ideologia esquerdista.

João B. G. dos Santos (Advogado Autônomo - Criminal)

A OAB precisa reformar as suas regras e possibilitar eleições diretas em todos os patamares. Estamos cansados do seu uso político pelo presidente de plantão ao invés de cuidar melhor do interesse dos advogados.

Responder

OAB divulga nota em defesa da jornalista Vera Magalhães, alv

Gilberto Ewald Lenhardt (Advogado Autônomo - Consumidor)

Apoio, incondicionalmente, o que afirma o autor do comentário!!

Não é a Vera, é o Jair.

Lauro Soares de Souza Neto, advogado em Marília-SP (Advogado Autônomo - Criminal)

Imunda pelo esquerdismo do atual presidente, a oab não está solidária com a jornalista, mas sim contra o presidente. E a advocacia tem que assistir essa nojeira!

Responder

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 07/03/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.