Consultor Jurídico

Curso semipresencial

Justiça e UnB promovem mestrado sobre perícia e gestão de ativos apreendidos

O Ministério da Justiça e Segurança Pública e a Universidade de Brasília (UnB) lançaram um programa de mestrado em economia, com ênfase em perícia econômico-financeira e gestão de ativos. As instituições disponibilizarão 40 vagas do curso semipresencial para profissionais do Sistema Único de Segurança Pública (Susp) e da Advocacia-Geral da União (AGU).

Candidatos passarão por processo seletivo Reprodução

Ao longo de quatro semestres de curso, serão oito disciplinas, voltadas para gestão de ativos apreendidos de crimes e avaliação e criação de políticas públicas para a área. O edital de seleção deve ser publicado daqui 45 dias.

Os candidatos passarão por processo seletivo mediante apresentação de diploma de graduação. Serão avaliados conhecimentos de matemática, estatística e língua estrangeira, além do currículo e da carta de apresentação dos inscritos.

A iniciativa faz parte do Projeto Dispater, da diretoria técnico-científica da Polícia Federal, que busca reforçar o combate ao tráfico de drogas e à lavagem de dinheiro.

Apesar da apreensão de R$ 63 milhões em moedas estrangeiras e do leilão de cerca de 3 mil itens apreendidos de criminosos neste ano, o secretário nacional de políticas sobre drogas, Luiz Roberto Beggiora, acredita que há capacidade de alcançar números ainda maiores: "Temos que nos preparar para efetuar uma gestão cada vez mais eficiente, e sabemos da importância das perícias nesse processo". Com informações da Agência Brasil.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 28 de dezembro de 2020, 20h23

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/01/2021.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.